22 de dez de 2009

Perfil do Signo de Capricórnio

capricornio 22 12 a 20 01

São pessoas que precisam: Ser reconhecidas pelos próprios méritos. De um bom trabalho e de uma grande medida de segurança em todas as coisas. Chegar ao topo do mundo e impressionar as outras pessoas. Saber que tudo está funcionando bem em casa.

Na melhor das hipóteses são: Calmas, concentradas, despojadas, leais, determinadas, profundas, sucintas, éticas, íntegras, maduras, objetivas, perseverantes, provedoras, distintas, superiores, reservadas e de elevados conceitos morais.

Na pior das hipóteses são: Avaras, dogmáticas, fechadas, inflexíveis, cruéis, rancorosas, inibidas, pessimistas, de mente estreita, taciturnas, tensas e de pouca ou nenhuma espontaneidade.

Quando pensam são: De muito bom senso e pacientes, com uma memória fora do comum para detalhes. Têm capacidade de resolver e deliberar com calma. Pé no chão e fortemente apegadas aos propósitos estabelecidos. Sabem levar em conta os detalhes, assim como também o panorama amplo da situação.

No trabalho são: Calmamente eficientes e muito organizadas em tudo o que fazem. Encaram o trabalho com uma persistência fora do comum até que conseguem desbravá-lo. Discretas, porém com firmes intenções de ser bem-sucedidas. Prontificam-se rapidamente a colaborar com outras pessoas.

Gostam: Pintura, leitura, música e tranqüilidade, muita tranqüilidade. Tradições, boas maneiras, pontualidade, ordem e ter boa posição, poder e influência sobre o mundo que as rodeia.

Detestam: Arranques emocionais e conduta desordeira. Distrações e bajulações. Quebrar promessas, ter de confiar em outras pessoas, delegar poderes e sentir-se pressionadas. Gastos excessivos em coisas sem importância.

Socialmente são: Aliadas confiáveis e fiéis. Honram os compromissos, e se preocupam com o bem-estar das outras pessoas. Valorizam a vida caseira e respeitam os familiares. Mas também apreciam os tempos de solidão.

No amor são: Pouco demonstrativas de afetos, mas fortemente amorosas e fiéis. Prezam o caráter das pessoas que amam, se ligando muito mais aos aspectos subjetivos delas que à aparência física. A sensualidade é latente, esperando ser despertada. Parecem frias mas são extremamente atenciosas.

Signos que teoricamente combinam: Touro, Virgem e Câncer

Signos que teoricamente não combinam: Libra, Gêmeos e Leão.

Os recém-nascidos: Silenciosos, manifestam muito pouco suas necessidades. Há que vigiá-los bastante por esta razão, e submetê-los a horários regulares. Parecem maduros desde o berço, pousando um olhar sábio sobre a realidade. Ficam felizes com poucas coisas, e precisam de espaço com poucos móveis. Gostam de brinquedos que os façam pensar.

A infância: É tão sossegada que chega a inquietar os pais. Falam muito pouco e normalmente não se inclinam a fazer parte dos jogos e brincadeiras das outras crianças. Não mostram a vulnerabilidade, guardando para si todas as manifestações emocionais, especialmente as de contrariedade. Muito sensíveis a críticas, é fácil que se sintam excluídas, como se tivessem vindo de um outro mundo. Precisam de alguém em quem confiar plenamente.

A adolescência: Bons alunos, quase sempre adequados em tudo, participando de todas as atividades normais da adolescência, mas não se aprofundando dramaticamente em nenhuma delas. São os adolescentes que ficam mais melancólicos, adotando uma postura distante e observadora, de quem é obrigado a participar de um mundo complicado e estranho.

As mulheres: São hipersensíveis e não aceitam críticas. Mas também não fazem notar suas emoções. Quanto mais passa o tempo, mais jovens elas parecem, tornando-se leves e graciosas com a idade. Duvidam de seu poder de sedução, expressando-se nesse sentido muito raramente. Mas são muito orgulhosas, e exigem que o mundo as ame em estado natural, sem adereços nem maquiagem. São sólidas, estáveis e sinceras, não dadas a frivolidades ou superficialidades sociais. A intimidade é seu estado natural, para conversar profundamente, para sentir que têm alguém que precisa delas como confidentes e pontos de apóio.

A sexualidade feminina: Habituadas à solidão e tímidas, não tem pudor algum quando se atiram ao sexo. Quando arranjam alguém que lhes interessa, são ciumentas e exigentes. Esforçam-se por manter o pudor e o recato, mas quando perdem a cabeça o fazem de modo intenso. Não vêem problema algum na masturbação, se isso as satisfaz. Elas precisam sentir que consentem a relação sexual, à qual se entregam com pompa e circunstância. Também precisam de etiqueta para alguém se aproximar.

Os homens: Não se incomodam nem um pouco com passar despercebidos, situação que privilegiam para poder observar melhor as coisas. Mantêm seu próprio estilo na roupa, pois não aceitam convenções ou modismos. Gostam de distância, para não correr o risco de que lhes firam os sentimentos, ou de que os obriguem a manifestações de afeto para as quais não estão preparados. Apreciam estar ocupados com assuntos importantes, e dedicam grande parte de suas vidas ao trabalho, na procura de sucesso. Seu caráter é de fácil contato, desde que não lhes pisem algum calo, momento em que se fecham impenetravelmente. Apreciam também a natureza e os divertimentos leves.

A sexualidade masculina: Diz-se por aí que eles são frios e desinteressados. Muito pelo contrário, são de grande sensualidade, mas não a esbanjam com facilidade. Precisam de rituais e de higiene, de muita higiene, pois os odores fortes os fazem broxar. Por mais que pareçam frios, procuram intensidade no sexo, e não abrem mão dela. Por isso, preferem parceiras que os estimulem e lhes brindem com momentos em que possam sentir-se confiantes o suficiente para dar a elas tudo o que são capaz de desenvolver.

Fonte:

Astral

e

Papéis de Parede

0 comentários:

Postar um comentário